terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

QUANTO AOS EFEITOS PROVEITOSOS DOS RECURSOS DRÁSTICOS UTILIZADOS PELOS GUIAS.


Embora considereis algo censurável a mobilização de recursos violentos por parte dos espíritos benfeitores, no sentido de impedirem os seus protegidos de praticar atos comprometedores a si mesmos, eles compensam pela disciplina que impõem e se justificam pelos seus resultados benéficos. Porventura limpais as gorduras das vidraças com água destilada, ou o fazeis, com êxito, pelo ácido e sabão? Não é o ácido muriático o melhor produto químico para limpar as pedras encardidas e o nitrato de prata mais eficaz para cicatrizar as feridas virulentas?

O QUE FAZEM OS GUIAS ESPIRITUAIS PARA DESVIAR OS SEUS PROTEGIDOS DO MAL?




PERGUNTA: - Quais são os recursos mais eficientes que os espíritos "guias" adotam para desviar os seus protegidos dos vícios, das paixões e dos prejuízos espirituais?

RAMATÍS: - Os guias, às vezes, também se servem dos próprios espíritos inferiores, permitindo que eles perturbem seus pupilos encarnados, no sentido de afastá-los, com urgência, de caprichos ou atividades prejudiciais à sua integridade espiritual. Em tais casos, eles agem com severidade, sem o sentimentalismo comum dos pais terrenos ante os filhos indisciplinados, entregues a hábitos que lhes são bastante nocivos.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

A CONFIANÇA


Não há criatura alguma que possa viver sem confiança. Ela marca a certeza naquilo que deveremos alcançar. A confiança nasce da fé, que tranquiliza os nossos corações nas lutas de cada dia.
Se desejas confiar em alguma coisa, basta confiar em ti mesmo. No entanto, para que essa fé em ti mesmo te dê uma garantia, é preciso a aquisição de outras virtudes que deverás conquistar no universo do teu mundo interno. A fé não se compra, nem se toma emprestada como fazes com as coisas exteriores.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

SER AMIGO DOS FILHOS



Da amizade verdadeira e superior é que estamos falando. Do respeito e do carinho, da sublime missão de educar e preparar outro indivíduo da melhor forma possível e dentro das Leis Universais do Amor. Amor esse que a tudo vence e consegue dar moldura nova para a alma.
Maternidade e paternidade são missões divinas, chega a ser para os mais realistas, uma responsabilidade severa, cheia de desafios e recheada de preocupações, mas que enobrece todo espírito que consegue abdicar de si mesmo em função da sublime escolha de educar e preparar o outro para a vida. Quando a missão é cumprida esses heróis da resistência verão muito depois (no futuro) que valeu à pena todo sacrifício e dedicação.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

LIMPAR A MENTE



Os bons costumes tornam a mente límpida e clareiam o verbo, enriquecendo-o, para que os ouvintes sejam estimulados ao exercício do bem eterno. A poluição mental turva a consciência e conturba o raciocínio, deixando a alma trôpega no vaso da carne. 
O homem civilizado não tem o costume diário de higienizar o corpo? Pois a mente, na verdade, tem grande necessidade de limpeza, tanto quanto o corpo, por ser o centro da vida que comanda toda a massa somática.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

POR QUE SOU CHATO (A)?


O que nos move a escrever sobre tal tema é a incansável busca pelo aprimoramento pessoal. A angustiosa perseguição às más tendências, fruto da auto observação. Esse assunto é quase sempre evitado nas esferas da análise pessoal criteriosa, no campo da auto investigação e da procura pelo melhoramento psíquico. Mas isso só acontece quando espancamos o ego e afastamo-nos cada vez mais da necessidade de autodefesa procurando logo uma pseudo justificativa para nossas oscilações emocionais perniciosas, que nada mais são que frutos de nossos excessos que dão origem ao desequilíbrio psíquico, oriundo  do pouco conhecimento que temos de nós mesmos.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

CONHEÇA A TI MESMO – O MELINDRE



O tema é bastante espinhoso, pois trata-se do estudo da auto observação sobre nossas “doenças mentais”. É uma espécie de investigação de cunho íntimo, que traz-nos evidências de nossas falhas morais, fraquezas, medos, inseguranças e todo tipo de sentimento e opinião a nosso próprio respeito, mas que residem em nosso inconsciente.

É imperioso lembrar que cada um de nós sofre desse mal, uns mais outros menos. Estamos buscando tratar com simplicidade de um tema difícil que está vivo em cada um de nós, entretanto sem o peso do julgamento antifraterno.